sexta-feira, 1 de julho de 2011

Fleumáticos

O fleumático designa da palavra FLEUMA, que quer dizer: paciente, frio, sereno, impassível, uma pessoa fleumática geralmente é calmo, frio, equilibrado e por isso a vida para ele é feliz e descompromissada. Pela Psicologia, são aqueles de reações lentas, emotividade difícil e ponderação. São pouco emotivos e além disso secundários, o que diminui os efeitos dos estímulos exteriores, amortecendo-os e diluindo-os no tempo, os fleumáticos pouco sofrem a influência do momento. Eles projetam-se de preferência para um futuro muitas vezes bastante longínquo, que consideram uma conseqüência dos fenômenos passados e presentes, segundo um determinismo quase mecânico. Disso resultam uma grande lucidez e um sentido aprofundado da análise, que não estão isentos de certa abstração mais ou menos minuciosa. Como os parâmetros humanos arriscam perturbar-lhes a construção intelectual, eles tendem a ignorá-los, conscientemente ou não, ou pelo menos a minimizar a sua importância e a afastá-los por princípio.
Fleuma significa ausência de emoções, e não preguiça; esse temperamento significa que o indivíduo é colocado em movimento, nem com rapidez nem com facilidade mas de maneira persistente...
Age segundo princípios, não por instinto.
Quando a não-emotividade e a secundariedade são muito pronunciadas, o fleumático cai na mecanização da vida ou até sucumbe na insensibilidade total.




Eu já fui assim... E garanto que muita gente conhece gente assim... Mas como se relacionar com pessoas assim, e fazer com que elas mostrem que também sentem o mesmo que você, ou até que não sintam, mas que apenas mostrem algo...?

Nenhum comentário:

Postar um comentário